sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Arroz dos telhados


12-06-2012
Nome científico: Sedum album L.
Nomes comuns: Arroz-dos-telhados, pinhões-de-rato, cachos-de-rato
Família: Crassulaceae
Origem: Europa

27-02-2012
27-02-2012
A planta arroz-dos-telhados é uma suculenta perene e herbácea, que pode atingir 30 cm de altura. É glabra e da sua raiz nascem vários caules com numerosas folhas verdes ou com manchas avermelhadas.
É uma planta espontânea em Portugal, que cresce por todo o território, podendo ser encontrada em zonas arenosas, muros, telhados, rochedos e sebes.

Cultivo: Como todas as espécies do género sedum, o arroz-dos-telhados não precisa de cuidados especiais. Esta planta adapta-se a qualquer tipo de solo e aprecia um lugar soalheiro. Quando estabelecida tolera a seca. Multiplica-se por sementes e através de folhas ou pequenas partes da planta que enraízam com muita facilidade.
13-05-2012
25-05-2012
13-05-2012

Propriedades e utilizações: Consta que as suas folhas (e caules) têm propriedades anti-inflamatórias, podendo ser usadas como cataplasmas para aliviar inflamações (com destaque para o tratamento de hemorroidas dolorosas).
12-06-2012
12-01-2015
As suas folhas são, ainda, referidas como comestíveis, podendo ser consumidas cruas ou cozinhadas, como pickles ou adicionadas a saladas. 
Esta planta pode, ainda, ser uma opção para a cobertura do solo ou na construção de telhados verdes.

Curiosidades: As suas folhas carnudas fazem lembrar bagos de arroz, sendo essa a origem do seu nome comum; É uma planta capaz de se aclimatar de acordo com o ambiente, ou seja, a quantidade de sol e água que recebe afeta a cor da sua folhagem.

Nota: 1.ª atualização.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Alho bravo

12-01-2015
Nome científico: Allium triquetrum L.
Nomes comuns: Alho-bravo, alho-triangular-branco
Família: Amaryllidaceae
Subfamília: Allioideae

O alho-bravo é uma planta bolbosa perene que apresenta um comportamento vivaz. É uma pequena herbácea que pode atingir entre 25 a 40 cm de altura. Possui um caule trigonal. As suas folhas são verdes e lineares. As suas flores, mais ou menos pendentes, são brancas com faixas verdes e encontram-se dispostas numa umbela.

15-12-2015
Cultivo: Esta planta aprecia sítios húmidos e sombrios. 
Devemos ter em atenção o seu potencial invasor, pois em ambientes favoráveis multiplica-se demasiado, impedindo outras plantas de se desenvolver.

Utilidades: Para além de ser uma planta ornamental, há referências ao facto de todas as suas partes (bolbos, folhas e flores) serem comestíveis, tanto cruas como cozinhadas. O seu bolbo pode ser usado como aromatizante. As suas folhas têm um sabor mais suave e em jovens podem ser usadas em saladas, molhos ou para aromatizar manteigas e à medida que envelhecem usam-se cozinhadas. As suas flores podem ser usadas para decorar saladas e outros pratos. Contudo, há relatos de casos de intoxicação causada pelo consumo excessivo de plantas pertencentes a este género, onde os cães parecem ser os mamíferos mais sensíveis. O alho-bravo pode ainda ser usado como repelente (esmagado repele as traças e ao que parece a planta inteira pode repelir toupeiras).
  
Curiosidades: O nome da espécie, triquetrum, tem origem no latim e significa “triangular”, fazendo referência à quilha de três gumes nas folhas e à forma de três pontas das hastes florais.
12-01-2015
15-12-2015
15-12-2015

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...