sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

Sedum vistoso


24-09-2014
Nome científico: Hylotelephium spectabile
Sinonímia: Sedum spectabile
Nomes comuns: Sedum-vistoso, Sedum-espetacular
Família: Crassulaceae
Origem: Ásia (China, Japão e Coreia)

28-01-2014
A planta sedum-vistoso é uma suculenta, herbácea e apresenta um ciclo de vida perene. É muito ramificada e pode atingir cerca de 45-60 cm de altura. O seu caule é ereto e suculento, tal como as suas folhas que são ainda opostas, ovais com margens denteadas e de coloração verde-azulada. As suas inflorescências são muito grandes, densas e vistosas, formadas por inúmeras flores em forma de estrela e que normalmente são cor-de-rosa, podendo no entanto existir espécies com flores vermelhas ou brancas. Durante a frutificação, as suas flores dão lugar a inúmeras sementes acastanhadas.

14-09-2014
24-09-2014
14-09-2014
24-09-2014
Esta suculenta apresenta uma floração bastante vistosa que atrai abelhas, borboletas e/ou aves para o nosso jardim. 
É uma planta utilizada na formação de maciços e bordaduras. Pode ser plantada em vasos ou jardineiras.

02-09-2014
10-09-2013
Cultivo: Deve ser plantada a pleno sol. Adapta-se a vários tipos de solos desde que sejam leves e bem drenados. A rega deve ser periódica, sempre tendo em conta que a planta não tolera encharcamentos. É tolerante a períodos de estiagem e resistente ao frio e às geadas no inverno (pois mesmo quando perde a sua parte aérea é capaz de rebentar com vigor na primavera seguinte). Multiplica-se por estacas e separando as plantas que nascem junto da “planta mãe”.

Curiosidades: O nome da espécie, spectabile, significa "vistoso".

quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

Amendoim

23-09-2014

Nome científico: Arachis hypogaea L.
Nome comum: Amendoim
Família: Fabaceae (Leguminosae)
Origem: América do Sul

O amendoim é uma planta herbácea anual que pode alcançar entre 15 a 70 cm de altura. Os seus caules são ligeiramente peludos e capazes de desenvolver raízes quando tocam no solo. As suas folhas são verdes e trifolioladas. As suas flores são amarelas e depois de fecundadas começam a inclinar-se para o solo acabando por completar o seu desenvolvimento subterraneamente. Os seus frutos são vagens que se desenvolvem e amadurecem no solo contendo normalmente duas sementes (os amendoins).

Propriedades e utilizações: Os amendoins são ricos em nutrientes. Contêm proteínas, zinco, ácidos graxos polinsaturados e vitamina E.
Os amendoins não são verdadeiros “frutos secos”, uma vez correspondem às sementes de uma leguminosa, como no caso das ervilhas e do feijão. Contudo, nutricionalmente são muito semelhantes aos frutos secos.
Quando são ligeiramente torrados e salgados comem-se como aperitivo. Se os torrarmos podemos usá-los como substituto do café e triturados constituem a matéria-prima da manteiga de amendoim.
29-05-2013
12-07-2013
23-07-2013
O óleo de amendoim é usado como óleo de mesa, no fabrico de margarina e na indústria de conservas. Em países como Espanha, Itália e Suíça usa-se, ainda, a gordura de amendoim no fabrico de chocolate branco.
Os amendoins crus são usados na alimentação de algumas aves.

Cultivo: O amendoim deve ser cultivado em regiões que apresentam temperaturas médias entre 20°C e 30°C durante todo o ciclo de cultivo da planta. Como a chuva prejudica a polinização, o ideal é que o clima permaneça seco durante o período de floração. A planta necessita de luz solar direta pelo menos algumas horas por dia. Prefere solos bem drenados, leves e soltos. Não suporta baixas temperaturas, sendo muito sensível à geada. Aprecia solos húmidos sem encharcamentos. Durante a floração devemos reduzir ou suspender a irrigação para não prejudicar a polinização. Para os cultivares que crescem eretos devemos amontoar terra junto às plantas antes da floração ou assim que surgirem as primeiras flores, já que isto facilita a chegada do ovário da flor ao solo e melhora a produtividade.
23-07-2013
23-07-2013
Durante as fases iniciais do seu desenvolvimento (até ao início da floração) é importante remover "ervas daninhas" em intervalos frequentes para evitar a concorrência excessiva.
Há indicações que a variação em requisitos de temperatura, altitude e humidade são semelhantes às requeridas para o milho.
A colheita é provavelmente a fase mais difícil da cultura. Normalmente acontece 4 a 5 meses depois do plantio, mas é difícil determinar com precisão a altura certa para colher/arrancar a planta. Contudo, podemo-nos orientar pelo amarelecimento das folhas.
Depois de arrancados, os amendoins devem secar ao sol até que as vagens se soltem da planta. Devemos ter em atenção que o fungo Aspergillus flavus (que contém substâncias tóxicas e carcinogénicas) se desenvolve se a colheita for realizada em condições de alta umidade, se houver demora na secagem ou se os amendoins forem armazenados de forma inadequada. Qualquer amendoim que apresente sinais de contaminação ou de bolor não deve ser aproveitado de forma alguma para alimentação humana ou animal.

12-10-2014
12-10-2014
05-10-2013
Curiosidades: O nome da espécie, hypogaea, significa "debaixo da terra"; Foram os exploradores portugueses e espanhóis que descobriram o amendoim no "Novo Mundo", levaram-no para a Europa e posteriormente para África aquando das suas expedições por este continente. Nesta altura começou a ser plantado em diversos países africanos, floresceu e passou a fazer parte das culturas alimentares locais até aos dias de hoje; Os amendoins são uma presença quase permanente na nossa cultura: com os elefantes no circo, nos lanches ou nos cocktails.

segunda-feira, 17 de Novembro de 2014

Fenómeno de Segunda: Não me tires fotos...


- Já te disse para não me tirares fotos. 
Sei que estás aí, mas nem vou olhar para ti!
10-08-2014
- Não te vais embora?! 
Então toma lá uma careta com a língua de fora!
10-08-2014

- Já nem te estou a ver!
10-08-2014

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...