sexta-feira, 24 de abril de 2015

Foi dia de... "apanhar em flagrante" pintos garnisés!


13-04-2015
13-04-2015

As galinhas garnisés tem uma característica importante: são excelente mães! Chocam muito bem os seus ovos e quando os seus pintos nascem esgravatam sem parar para os alimentar… 
A nossa galinha garnisé, mesmo tendo sempre comida disponível, arranja maneira de explorar novos espaços à procura de alimentos mais apetecíveis e, quem sabe, mais saudáveis e nutritivos.
Já tínhamos reparado que a mãe galinha e os seus filhos saíam da divisão que lhes está destinada e andavam no meio das ervas… Nunca pensámos que iriam para os nossos canteiros, pois, supostamente, estariam bem protegidos!
No entanto, a mãe galinha e os seus pintos foram "apanhados em flagrante" a “fazerem estragos”… pois enquanto apanham uma lesma aqui ou um caracol ali, rapam toda a terra e lá se vão as sementeiras, provam umas folhinhas e se as plantas forem pequenas lá se vão as plantas! 

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Lírio “reticulata”


22-02-2015
Nome científico: Iris reticulata
Nomes comuns: Lírio, Íris
Família: Iridaceae
Origem: Europa e Ásia

19-02-2015
O lírio reticulata é uma planta herbácea bolbosa com um ciclo de vida perene. As suas folhas são verde-acinzentadas. As suas flores perfumadas variam do azul claro ao violeta profundo com marcas amarelas e brancas no centro e caracterizam-se por possuírem seis pétalas longas em que algumas estão ligeiramente dobradas. A sua floração ocorre no final do inverno.
Devido às suas cores vivas, esta planta é muito usada nos jardins tanto para formar bordaduras como em canteiros ou vasos.

Cultivo: Os bolbos devem ser plantados no outono ao sol ou meia-sombra, em solos leves e bem drenados. Estes devem ser plantados a cerca de 5-8 cm de profundidade e a uma distância de 5 cm entre si. Após a floração devemos cortar as flores murchas e deixar o resto secar naturalmente. Quando a planta perde a parte aérea e os bolbos entram no período de dormência podemos usar algum mulching para os proteger do frio e das geadas. Devemos estar atentos aos caracóis e às lesmas, pois gostam de atacar a planta. Multiplica-se através da divisão dos bolbos.

Curiosidades: O nome do género, Íris, vem do grego e, na mitologia grega, a deusa Íris era a personificação do arco-íris e a mensageira dos deuses; O termo Íris é compartilhado com outros géneros botânicos relacionados com a família Iridaceae; Esta espécie é, por vezes, chamada de lírio anão, pois a flor é muito grande se a compararmos com o tamanho de toda a planta.

19-02-2015
22-02-2015
19-02-2015

terça-feira, 14 de abril de 2015

Vinca maior


18-03-2014
Nome científico: Vinca major
Nomes comuns: Vinca, Vinca-maior, Pervinca-maior, Congossa-maior, Congonha, Congoça, Congossa, Congoxa
Família: Apocynaceae
Origem: Sudoeste e Sudeste da Europa

06-03-2014
A vinca maior é uma planta com um porte herbáceo rastejante e um ciclo de vida perene. Possui caules longos através dos quais se espalha, formando raízes nos pontos em que eles tocam no solo. As suas folhas são verdes, brilhantes, ovaladas ou cordiformes, coriáceas e opostas. As suas flores possuem cinco pétalas, são solitárias, axilares, de coloração roxo-azulada com o centro branco. A sua floração ocorre de março a junho.

Cultivo: Em Portugal, apesar de não ser autóctone, está amplamente naturalizada. Pode ser encontrada sob coberto de bosques húmidos e na orla de cursos de água. Devido à facilidade com que a sua ramagem enraíza pode tornar-se invasiva.

02-03-2015
02-03-2015
Propriedades e utilizações: Tanto a Vinca major como a Vinca minor possuem propriedades medicinais, pois contêm alcaloides largamente utilizados pela indústria farmacêutica para fazer vários medicamentos. Na medicina popular, usam-se as folhas em forma de infusão ou pomada para aplicar externamente em problemas de pele.
02-03-2015
Nos jardins, esta planta forma rapidamente tapetes densos em áreas semi-sombreadas e pode ser usada em floreiras ou vasos suspensos.
As hastes da vinca podem, ainda, ser usadas em cestaria.

Curiosidades: A Vinca major pode ser confundida com outra espécie do mesmo género, a Vinca minor, no entanto distinguem-se pelo tamanho das folhas e das flores, conforme os respetivos nomes científicos dão a entender; Em Portugal, existe a Vinca difformis, que é uma planta autóctone. Para fazermos a distinção entre as plantas podemos observar à lupa as suas folhas, no caso da Vinca major estas possuem cílios bastante evidentes em toda a margem; O nome do género deriva do termo em latim vincire, que significa “ligar” ou de vincere, que significa “superar”.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...